Conselheiro Kennedy Barros é eleito presidente do TCE-PI para o biênio 2023/2024

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), em Sessão Especial realizada na manhã desta sexta-feira (11), no plenário, elegeu sua nova diretoria, que atuará no biênio 2023/2024. Por unanimidade, o conselheiro Kennedy Barros foi eleito o próximo presidente da Corte de Contas piauiense e a conselheira Waltânia Alvarenga eleita vice-presidente.

A nova diretoria eleita nesta manhã ficou composta da seguinte forma:

Presidente – Conselheiro Kennedy Barros
Vice-Presidente – Conselheira Waltânia Alvarenga
Corregedor – Conselheiro Abelardo Vilanova
Ouvidor – Conselheiro Kleber Eulálio
Controlador Interno – Conselheiro Olavo Rebelo
Presidente da 1ª Câmara – Conselheira Flora Izabel
Presidente da 2ª Câmara – Conselheira Lilian Martins
Auxiliar da Presidência – Conselheiro Substituto Jaylson Campelo
Auxiliar da Corregedoria – Conselheiro Substituto Jackson Veras
Auxiliar da Ouvidoria – Conselheiro Substituto Delano Câmara
Auxiliar da Controladoria – Conselheiro Substituto Alisson Araújo
Diretor-Geral da EGC – Conselheiro Kleber Eulálio
Diretora-Executiva da EGC – Auditora Valéria Leal

A sessão foi presidida pela conselheira Lilian Martins, que permanece presidente do Tribunal até 31 de dezembro deste ano. Ela falou sobre a importância do momento desta manhã. “O sentimento é de dever cumprido. O conselheiro Kennedy Barros, por quem tenho o maior apreço, fará uma brilhante gestão, não tenho a menor dúvida. E estaremos juntos, auxiliando da melhor forma possível, aprimorando o controle externo no Piauí”, pontuou.

Joaquim Kennedy Nogueira Barros assumiu o cargo de Conselheiro do TCE Piauí em 2002. Exerceu o cargo de Corregedor no período de 2003 a 2004, de Vice-Presidente no biênio 2009 a 2010, de Presidente no biênio 2011 a 2012, de Controlador em 2013 e 2014, de Ouvidor em 2015 e 2016, de Presidente da Segunda Câmara do Tribunal no biênio 2019-2020 e, atualmente, exerce o cargo de Corregedor-Geral.

O conselheiro Kennedy Barros foi eleito presidente da Corte de Contas piauiense pela segunda vez. Ele falou a respeito da expectativa para os próximos dois anos. “É um grande desafio, de muito trabalho. O que posso garantir à sociedade piauiense é que darei o melhor de mim, no sentido de soerguer a administração pública do nosso Estado. Procurarei investir muito em orientação, no papel pedagógica, mas também em punição, quando for necessária, sempre acompanhando as políticas públicas para um melhor resultado à população”, disse o presidente eleito.

A posse do novo presidente acontecerá no dia 16 de dezembro, às 10h, no plenário do Tribunal. Abaixo, confira algumas fotos da Sessão Especial desta manhã.